O metaverso não é do Facebook!

Atualizado: 9 de jan.



Metaverso é a terminologia utilizada para indicar um tipo de mundo virtual que tenta replicar a realidade através de dispositivos digitais. É um espaço coletivo e virtual compartilhado, constituído pela soma de "realidade virtual", "realidade aumentada" e "Internet". Este termo foi cunhado pela primeira vez na obra "Nevasca", de Neal Stephenson, lançada em 1992. (Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.)


Mas e o Facebook?


Desde que o fundador do Facebook - Mark Zuckerberg - anunciou a intenção de adotar o metaverso em sua plataforma que o conceito voltou a protagonizar debates e uma verdadeira corrida para marcação de território. Mas.... onde fica esse território? Essa é uma questão importante, afinal "o metaverso" não é exclusivo do Facebook e não é um lugar específico, é um conceito.


Second Life


Lá em 2003, tive a oportunidade de experimentar um ambiente do tipo metaverso chamado Second Life. Na época o Second Life foi lançado como um jogo pela Linden lab e era exatamente sob o conceito do metaverso. Foi uma experiência muito legal por sinal mas que exigia recursos de máquina e banda de internet razoáveis para acessar o ambiente, o que acredito ter dificultado o crescimento do projeto. Temos muitos outros exemplos mais recentes como o Roblox, Fortnite, The Sandbox, Decentraland etc. Geralmente esses "locais" são mais conhecidos como ambientes de jogos.

Na prática. :)


Tive, no final de 2021, uma outra experiência bastante interessante ao assisti uma live que aconteceu no youtube. Durante essa live era possível entrar (através de um QRCode) em um ambiente que simulava uma sala de auditório. Você configurava seu avatar e "entrava" nessa sala com sua persona virtual. O que chamou minha atenção foi que, dessa forma, você podia participar da live e fazer perguntas ao vivo simplesmente se aproximando de um púlpito que ficava ao lado do "palco". Ao fazer isso, sua webcam abria automaticamente e você fazia sua pergunta em tempo real e ao vivo. Quem não quisesse não precisava entrar na sala virtual e acompanhava a live normalmente. Essa possibilidade de você entrar em uma sala virtual com seu "bonequinho" e interagir com os demais presentes, configura esse conceito de metaverso.

Nós estamos "lá"!

Acima, uma "selfie" no final da reunião, em nosso ambiente virtual do STEGUN/Studio.


Logo no início de 2022, estava pesquisando sobre novas possibilidades de aplicação de ambientes do tipo metaverso (além do ambiente de jogos) e fui atrás de conhecer a plataforma* que vi em funcionamento naquela live. Seria algo bastante interessante para inserir no dia a dia aqui do estúdio e poder proporcionar para pessoas que tem contato conosco essa experiência nesse contexto de metaverso. Ainda que de forma menos complexa, pois essa plataforma é simples, inclusive em recursos gráficos, mas não menos útil e super funcional para o que queremos e precisamos no momento. Desta forma nasceu nosso primeiro ambiente virtual/interativo aqui do estúdio!

A questão de ser um ambiente gráfico "mais simples" facilita para que a experiência aconteça sem traumas, pois não é necessário nenhum dispositivo especial e nem equipamentos com recursos excepcionais para que tudo funcione sem travamentos, por exemplo. Dá para acessar inclusive pelo celular, apesar de que é mais interessante e menos apertado acessar por um computador desktop ou notebook. Enfim já fizemos algumas reuniões "presenciais" com clientes mesmo estando cada um em seu local de trabalho e distantes fisicamente uns dos outros e foi bem legal e funcional.


Abaixo, vídeo demonstração da plataforma Gather Town para trabalho remoto:


Podemos compartilhar conteúdos diversos nos diferentes ambientes do escritório virtual. Podemos fazer reuniões em salas reservadas enquanto outros trabalham ou conversam no café. Podemos visitar o outro em sua mesa de trabalho para tirar alguma dúvida ou debater sobre algum projeto. A única coisa que realmente senti falta nesse ambiente virtual foi de oferecer o café mas não poder entregar pessoalmente. Aí cada um precisa providenciar o seu... :)


Venha nos fazer uma visita! Como na vida "real", é só marcar um horário. Até breve. Renato Stegun


* a plataforma que usamos aqui no estúdio e citamos nesse post é a Gather Town .


#metaverso #produtividade

43 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo