Animação passo a passo - Parte 3 - PRÉ PRODUÇÃO


Toda a produção de uma animação (e também de uma ilustração), passa por alguns passos que são importantes para o andamento do trabalho. Já escrevemos sobre o início do processo em posts anteriores. (caso não tenha visto, acesse "Parte 1 - Orçamento" e "Parte 2 - Contrato"). Falaremos, dessa vez, sobre a PRÉ PRODUÇÃO. PESQUISA (REFERÊNCIAS) Quando falamos sobre orçamento, citamos a importância de levantar várias informações para clarear bem a necessidade real do cliente. Inclusive, em teoria, o briefing já deve ser conhecido. Portanto, quando já temos o contrato assinado tudo Ok, começamos a partir do briefing a construção da peça em si. Com as informações disponíveis no briefing, fazemos um processo de pesquisa sobre o assunto e que deve nortear a primeira construção do roteiro. Nessa fase, podemos inciar a construção de um moodboard, colocando tudo que acharmos pertinente ao trabalho (imagens, estilos, textos etc). Mais para frente, adicionaremos mais informação ao moodboard.

Exemplo de MoodBoard de referência para cores (atmosfera) de cenas.

ROTEIRO O roteiro (texto), pode ser desenvolvido pelo cliente ou por um profissional específico para esse trabalho. Quanto mais redondo estiver o roteiro, maiores as chances de sucesso para o trabalho. Portanto, dedique tempo o bastante lapidando-o. STORYBOARD Com o roteiro definido, podemos desenvolver o storyboard. Ele tem a função de concretizar o conjunto, elaborando a sequência visual sobre o que consta no roteiro (texto). O storyboard não precisa ter um acabamento refinado nos desenhos. Em uma sequência de quadros serão escolhidas as composições (espaços para imagem + texto/infos), passagens (transições), encaixando tudo que precisa ser inserido na animação, dentro do tempo disponível para a peça. Assim como com o roteiro, o storyboard pode e deve ser lapidado, de forma a encontrarmos a melhor combinação e coerência para mostrar o que o trabalho demanda.


DESIGN Com o storyboard definido, podemos retornar ao moodboard, que começamos na fase inicial de pesquisa, para alinharmos com o cliente a parte estética e de design do trabalho. Nesse momento precisamos sugerir referências para o cliente e o mesmo pode também mostrar referências que o agradam. Aqui vamos estabelecer qual o estilo será usado para criar a cara que a peça terá. Levaremos em consideração muitos fatores para definir a melhor forma de mostrar o que o cliente precisa, para conseguir um ótimo impacto e resultados junto ao objetivo pretendido. Quando o estilo estiver definido, trabalharemos no design dos personagens, cenários etc.



Aqui já teremos o roteiro, storyboard e o design definidos para darmos início a próxima etapa, a produção em si. Importante, antes de finalizar esse post, que todo esse processo, resumido acima, pode e deve ser ajustado quando for necessário. Se ao desenvolver, por exemplo, o storyboard, percebermos algo que não está funcionando, devemos retornar ao roteiro (se for o caso) e fazer ajustes necessários. A fase de pré produção tem essa função. Problema seria seguir com a produção e lá na frente perceber que algo precisa ser mudado no meio do caminho. Isso acarretaria em tempo e $$ perdidos por conta de algo que deveria ter sido resolvido na fase de pré produção. Falaremos no próximo post, sobre a fase de produção. Até breve. Renato Stegun

#animaçãopassoapasso #préprodução

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

STEGUN/STUDIO

Rua Votorantim, 101

Campinas-SP

19  99210-0917
(10h as 17h)

Acompanhe também:

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

® 97-2021 STEGUN/Studio - Todos os direitos reservados. É proibida a cópia e/ou reprodução do conteúdo deste site sem autorização do autor.
CNPJ: 17.241.466/0001-81 | SP, Brasil