Animação passo a passo - Parte 1 - ORÇAMENTO

Atualizado: Abr 14

No post anterior ("Quais os melhores softwares para criação visual"), falamos sobre alguns ótimos softwares de design gráfico e comentamos que, no fim, a melhor ferramenta criativa que dispomos é nosso cérebro.



Desta vez, vamos iniciar uma conversa sobre o processo de produção de uma animação para mostrar que o trabalho todo é composto por várias etapas e é sim mais complexo do que aparenta. Aliás, boa parte do processo, vale também para criação de ilustrações. Para resumir, vamos dividir o processo em 5 fases: 1) orçamento; 2) contrato 3) pré-produção; 4) produção; 5) pós-produção. ORÇAMENTO De início, temos a questão do custo/valor do trabalho. Recebemos muitas solicitações de orçamentos para criação de animações e percebemos a necessidade de mostrar mais a fundo como é algo que depende de inúmeras variáveis, sendo cada caso praticamente exclusivo.

Logo de cara, o orçamento, como dissemos, vai depender de muitas variáveis. Para citar algumas: estilo da animação (flat, cartum, realista, 2D, 3D etc), tema, uso de personagens, objetos em cena, tipo de cenário, público, veiculação, licenças, locução, trilha, tempo da animação etc. Citamos alguns mas perceba que são muitos os fatores que terão influência direta nos custos. Com base nisso, entendemos melhor o motivo de não ser possível "chutar" um valor, como muitos pedem quando entram em contato. Antes de passar qualquer valor, precisamos levantar todas as questões junto ao cliente para chegarmos ao custo do trabalho. Só para dar um exemplo, vamos imaginar dois pedidos de orçamento: Situação 01: animação de 60 segundos; Situação 02: animação de 15 segundos; Olhando assim, podemos pensar que a animação da situação 01 custará 4 vezes mais que a animação da situação 02, certo? Mas, e se depois que você já passou o orçamento sem considerar as variáveis e for conversar com o cliente, ele passar os seguintes briefings sobre cada trabalho: Briefing Situação 01: animação 2D, estilo cartum, com somente um personagem fazendo movimentos aleatórios simples e curtos enquanto fala, em um cenário estático contendo uma mesa e uma parede branca ao fundo. Briefing Situação 02: animação 3D, realista, com a cena de uma metrópole vista de cima, com o primeiro plano de uma rua onde está acontecendo uma feira enorme lotada de pessoas, em uma véspera de Natal.

Custo x Valor
Custo X Valor

Imagine a diferença de complexidade para realização de cada cena. Veja quantos fatores farão diferença na produção tanto em mão de obra como em tempo necessário para realizar o trabalho. Este foi só um exemplo "exagerado" para mostrar, mais claramente, o quanto é importante primeiro levantar todos os detalhes sobre o que o cliente precisa exatamente, para ter maior noção da complexidade do trabalho a ser realizado e, depois disso, definir os valores de forma mais justa para ambos. Para não me alongar demais, falarei sobre as demais etapas nos próximos posts. Até breve. Renato Stegun #custoanimação #animação #orçamentoanimação #animaçãopassoapasso #orçamento

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo